Mercúrio, 2025

A ESA (a Agência Espacial Europeia) e a Jaxa (sua contraparte japonesa) vão lançar em 2018 a sonda BepiColombo, que explorará Mercúrio somente a partir de 2025, quando deve completar sua complicada trajetória e iniciar a coleta de dados sobre a água congelada presente nas crateras pouco iluminadas do pequeno planeta e sobre seu fraco, porém desconcertante, campo magnético. Além da Terra, Mercúrio é único planeta rochoso do sistema solar a possuir um campo magnético, ainda que muito mais fraco do que o terrestre. (O artigo contém um erro importante ao desconsiderar que os gigantes gasosos também possuem campo magnético, dando a impressão de que só a Terra e Mercúrio têm essa característica.)

A descoberta do campo magnético de Mercúrio foi feita com a sonda Mariner 10, em 1974, e é uma das muitas peças que ainda não se encaixam no puzzle ultra hard da formação do sistema solar. O gelo das crateras mercurianas, peça de interesse astrobiológico, foi descoberto pela sonda Messenger, da NASA, que explorou o planeta entre 2011 e 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s